As cores têm o poder de transformar qualquer ambiente. Mais do que interferirem no visual da casa, elas transmitem sensações e geram efeitos, como o de ampliar ou reduzir o espaço, deixá-lo mais discreto ou vibrante, irreverente ou sóbrio, sereno ou inquietante, frio ou acolhedor. Enfim, não há limites para os variados tons aos quais temos acesso!

Já notou como nuances suaves, a exemplo do azul-claro ou o branco, inspiram tranquilidade e paz? Já as cores solares, como laranja e amarelo, trazem vivacidade e alegria, acendendo os ambientes com luz e calor. Esses são apenas alguns casos em que as tonalidades fazem toda diferença na composição dos cômodos.

Existem diferentes maneiras de usar e combinar as cores na decoração da casa e utilizá-las com equilíbrio é um verdadeiro desafio. As opções mais seguras são as sobreposições de tom sobre tom, por meio de cores similares e análogas em uma mesma cartela.

No entanto, para deixar a decoração mais inusitada e cheia de personalidade, uma excelente alternativa é ousar com as cores contrastantes. Se bem escolhidas, elas harmonizam entre si e criam um efeito único no ambiente.

Não tenha medo de contrastar na hora de decorar

Uma das melhores maneiras de harmonizar as cores na decoração é utilizar os contrastes. Embora seja mais desafiadora e menos usual, a utilização de cores contrastantes tem grandes chances de dar certo esteticamente.

Unir contrastes, mais do que qualquer outra combinação de cores, pode criar a sensação de renovação e modernidade. Não precisa ter medo!

Escolha cores contrastantes e complementares

Para usar as cores contrastantes sem que o visual fique sobrecarregado ou desequilibrado, use tonalidades complementares, isto é, escolha tons que se opõem no círculo cromático diretamente. Bons exemplos de contrastes complementares são o roxo e o amarelo. Essas cores são opostas, mas combinam perfeitamente.

O mesmo ocorre com o verde e o vermelho e com o azul e o laranja. Essa técnica pode ser usada para diversos tons de cores, desde que se atenha à “família” das cores complementares escolhidas. Por exemplo, é possível combinar um azul mais escuro com tons terrosos ou subtons de laranja.

Saia do lugar-comum ao escolher a mobília

Ao pensar na mobília da casa, geralmente vem à cabeça os tons mais básicos, como o preto, o branco e as cores e texturas amadeiradas. Realmente, essas opções são excelentes para quem deseja uma decoração mais tradicional, porém, para quem deseja um projeto decorativo único, vale a pena apostar em cores diferentes.

Os nichos, as estantes, os armários, as banquetas e as poltronas em tonalidades como vermelho, amarelo e turquesa estão super em alta e ficam lindas quando utilizadas em contraste com tons clássicos, como cinza ou off-white.

Invista na clássica e certeira combinação P&B

Combinações contrastantes clássicas e atemporais, como o preto e branco, são sempre mais fáceis de usar. Elegante e sofisticada, essa composição é famosa tanto na moda, quanto no design de interiores.

Para quem deseja usar contrastes, sem se arriscar tanto, essa é uma aposta certeira, já que, até mesmo nos armários, a junção P&B é maravilhosa!

Crie contrastes usando as cores tendência

Todos os anos, novas cores são escolhidas como tendências norteadoras para o vestuário, acessórios e, claro, decoração de casas. Não que você deva se apegar a modismos e escolher certas cores (que nem gosta) somente porque elas estão em alta, mas conhecer as tendências pode ser um ponto de partida para identificar tons bonitos, que te agradem e que fiquem bem juntos.

Em 2016, por exemplo, as cores do ano são o Azul Serenity e o Rosa Quartz, dois tons suaves, doces e românticos de famílias distintas, mas que proporcionam um lindo contraste quando são unidos na decoração.

Tome cuidado com o excesso de cores

Ao usar cores marcantes e contrastantes, é indispensável evitar excessos para não pesar a mão e gerar um resultado over. Se a decoração é multicolorida, dê preferência a bases neutras e opte pelos tons vibrantes apenas nos detalhes, justamente para criar pontos de contraste.

Paredes neutras e móveis sóbrios, por exemplo, ficam incríveis quando usadas com tapetes, almofadas e vasos coloridos. Acredite: fica mais interessante assim!

Relacione as cores com o estilo e função do ambiente

Não basta gostar da cor ou achar o contraste bonito ao escolher os tons para decorar a casa. Na sua decisão, considere também o estilo decorativo e a função do ambiente para optar por uma paleta adequada. Avalie os efeitos das cores para não se arrepender depois.

Só para ter ideia, o vermelho em quartos não é recomendado. Por mais que represente o amor e paixão, por ser uma cor quente e intensa, essa tonalidade pode provocar irritabilidade, agitação, instabilidade emocional e cansaço visual. Você não quer isso, quer?

Se mesmo ciente disso, você deseja incluir tons avermelhados nos dormitórios, recorra às estampas e objetos decorativos pequenos.

Use ferramentas tecnológicas para testar combinações de cores

Na dúvida sobre quais cores usar na decoração da casa? Quer saber se um tom combina com outro? Quer ver se os contrastes funcionam? Uma forma de ter uma noção aproximada de como a composição vai ficar é recorrer a sites e aplicativos móveis, como o Adobe Color, Design Seeds, Colour Lovers, Color Snap, Real Colors, Color Change e Paint my Wall.

Utilize as cores contrastantes para destacar ambientes

As cores contrastantes são ideais para quebrar a monotonia e o ar monocromático dos cômodos da casa. Por vezes, pintar uma parede com um tom vibrante ou incluir um móvel colorido já é capaz de trazer o contraste necessário para modernizar o espaço. Faça isso sempre que quiser destacar alguma parte mais apagada do imóvel.

Faça contrastes usando tons claros e suaves

Quem disse que só é possível criar contrastes usando tonalidades fortes? Isso é mito. Dá para usar nuances claras e delicadas para contrastar, basta escolher cores que se opõem no círculo cromático, como azul-claro e laranja suave, amarelo-claro e lilás, verde claro e rosa claro e assim por diante.

E aí, gostou das nossas dicas de como decorar usando cores contrastantes? Apostaria nos contrastes para colorir a sua casa? Como você costuma combinar as cores na decoração? Compartilhe as suas opiniões e experiências com a gente nos comentários.

Share: